Cooperativa Agrícola de Portalegre: há menos mas melhor azeite

azeite

Na Cooperativa Agrícola do concelho de Portalegre (Coopor), entram por ano mais de dois milhões de quilos de azeitona.

O ano de 2018 não foi exceção, apesar de ter diminuído a quantidade de azeite recolhido do fruto. E nas palavras dos responsáveis da Coopor, há menos mas melhor azeite.

Segundo o presidente da Coopor, José Casimiro Bezerra, a quebra de produção ronda os 20%, mas vincou que a azeitona é «excecional a nível de acidez».

De acordo com Casimiro Bezerra a quebra de produção deve-se às condições meteorológicas adversas durante a campanha.

Contudo, a qualidade da azeitona não foi afetada, apresentando níveis de acidez abaixo de 1 grau, o que permite a produção de azeite virgem extra.

No Alentejo existem cerca de 180 hectares de olival.

Fonte: radioportalegre