Cientistas desenvolvem laranja com sabor a toranja

Cientistas da Universidade de Oxford (no Reino Unido) desenvolveram uma maneira de modificar os compostos naturais das laranjas para que estas fiquem com aroma e sabor a toranja.

Afirmam que a sua descoberta poderá fornecer uma nova fonte barata e abundante de aromas e sabores de toranja para bebidas, alimentos e indústria de perfumes.

A tecnologia utiliza uma enzima modificada para converter um composto chamado valenceno encontrado em laranjas, na molécula complexa responsável pelo sabor e aroma característico de toranja.

Conhecida como nootkatona, esta molécula é grande e complexa, o que significa que é difícil de sintetiza-la artificialmente, de modo que a industria tem que purificá-la a partir das toranjas, um processo que é dispendioso e moroso.

São necessárias cerca de 400 toneladas de toranjas para produzir 1 quilo de aroma. Ainda assim, a toranja é um dos óleos essenciais mais utilizados na indústria de perfumes e também é muito usado em produtos de confeitaria, refrigerantes e outros alimentos.

Luet Wong, o químico da Universidade de Oxford que desenvolveu esta nova tecnologia, diz que «o processo requer pouca energia e não produz praticamente nenhum desperdício, ao contrário dos processos químicos convencionais. A sua maior vantagem é que o produto final é completamente natural».

A empresa Oxford Biotrans está a desenvolver esta tecnologia para criar sabores à escala industrial. A indústria da laranja é muito maior do que a da toranja, de modo que o valenceno é muito mais abundante.

Provavelmente não se podem produzir laranjas inteiras em larga escala com sabor a toranja, já que não haverá muito mercado. No entanto, podem ser criados novos tipos de sumo de laranja com sabor e cheiro a toranja.

Fonte: Daily Mail