Câmara de Santiago do Cacém quer feira agro-pecuária com mais negócios

A Câmara de Santiago do Cacém pretende que a 26.ª edição da Santiagro, que começa na sexta-feira, seja uma oportunidade para se fazer mais negócios, apostando em novas áreas como o leilão de gado e a caça.

Para cumprir este objectivo, uma das novidades da Feira Agro-pecuária e do Cavalo será a realização de um leilão de gado, no dia da abertura, que substitui os tradicionais concursos de ovinos e bovinos, adiantou à agência Lusa o vice-presidente do município alentejano, Álvaro Beijinha.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém, que organiza o certame, aposta também este ano no tema da caça, por ser uma actividade com uma «forte componente no concelho e na região», afirmou o autarca.

Álvaro Beijinha referiu que «um número crescente» de caçadores pratica a actividade em Santiago do Cacém, onde existem «várias» reservas de caça, «a esmagadora maioria» associativas, mas também algumas turísticas.

Lembrando que a actividade cinegética se desenvolve no período que, em termos turísticos, coincide com a época baixa, o autarca defendeu que o concelho deve «tirar partido desse potencial», que pode beneficiar as empresas de hotelaria e restauração, os artesãos e os equipamentos culturais, entre outros.

Leia o resto aqui.