Produção de laranja em Portugal bate recorde

A produção dos pomares de citrinos aumentou 8% em 2018 para 403 mil toneladas, com a produção de laranja a atingir o nível mais elevado em mais de 30 anos, segundo dados divulgados esta quarta-feira (24 de julho) pelo Intituto Nacional de Estatística (INE).

laranja bate recorde

Fonte: Agência Lusa

De acordo com as Estatísticas Agrícolas do INE, os pomares de citrinos tiveram em 2018 uma produção de 403 mil toneladas (374 mil toneladas em 2017), o que representou 6,9% do volume total de produção (5,8% em 2017).

“A entrada em produção de novos pomares contribuiu para este incremento, com a produção de laranja a atingir o nível mais elevado desde 1986”, sinaliza o INE.

Numa campanha marcada pelas condições climatéricas desfavoráveis, a produção recorde de laranja e a produção de azeite superior a um milhão de hectolitros foram excepções no ano agrícola 2017/18.

Em 2018, segundo o INE, foi produzido 1,1 milhões de hectolitros de azeite (abaixo dos 1,5 milhões de hectolitros em 2017), mas de acordo com o instituto, não obstante o decréscimo verificado face à campanha precedente, a ocorrência de duas campanhas consecutivas com produções acima de um milhão de hectolitros “é uma situação pouco comum”. Analisando os cem anos de dados estatísticos, esta ocorrência apenas se tinha verificado nos anos de 1956 e 1957.

A campanha agrícola 2017/2018 foi marcada pelo decréscimo das principais superfícies agrícolas cultivadas com culturas temporárias e por quebras generalizadas das produções, saldou-se por um crescimento nominal da produção do ramo agrícola, consequência de um aumento de 2,1% dos preços base.