Bolsa de Terras: 1º concurso cede 19 terras do Estado

A Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), enquanto entidade gestora da Bolsa de Terras, divulgou o relatório que dá conta do balanço do primeiro concurso das terras do Estado.

No documento refere-se que o primeiro concurso permitiu a cedência das 19 terras do Estado, maioritariamente com aptidão agrícola, a 15 arrendatários, através da celebração de contratos 90% dos quais com a duração de 7 anos.

O perfil dominante dos novos arrendatários corresponde maioritariamente a pessoas singulares com idade entre os 18 e os 40 anos de idade, ou seja jovens agricultores, que representam 67%.
«A orientação produtiva aponta essencialmente para atividades culturais associadas à produção de culturas arvenses, de hortícolas e frutícolas», lê-se no documento.

Para ver o Relatório completo, clique aqui.